Conflitos Ambientais: aprenda sobre o tema com a profª. Tatiana Walter.



O quinto filme produzido com o Laboratório MaRéSS - Mapeamento em Ambientes, Resistência, Sociedade e Solidariedade da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, acaba de ser lançado: Conflitos Ambientais - Entrevista com a professora Tatiana Walter. Essa é uma oportunidade para pesquisadores/as e outros/as interessados/as de ficarem a par de uma conversa super recente sobre a temática.


A professora Tatiana Walter, docente na FURG de São Lourenço do Sul (RS), coordena o projeto de pesquisa em andamento "Impactos na Pesca", que realiza mapeamento e análise de diferentes conflitos ambientais nos municípios da Baixada Fluminense no Rio de Janeiro, principalmente nos ambientes de pesca. O mesmo projeto pelo qual lançamos os documentários "Impactos na Pesca - a pesquisa em documentário", que mostrou um pouco de como funciona esse trabalho desenvolvido com uma série de estudiosos/as e integrantes de movimentos sociais; e "Eu sou pescadora", que reuniu mulheres pescadoras artesanais do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro a falarem dos enfrentamentos do seu ofício.


Depois desses dois filmes, lançamos ainda duas videoaulas que abordam os temas como Educação Ambiental, Gestão Ambiental, Licenciamento Ambiental e Projetos de Educação Ambiental - PEAs. Agora, chegou o momento em que se fala mais especificamente sobre o assunto Conflitos Ambientais em zonas costeiras, além de apresentar também alguns resultados do mapeamento e da análise que vêm sendo elaborados no decorrer da pesquisa iniciada em 2018.


Assim, a coordenadora do projeto, Drª. Profª. Tatiana Walter, responde a algumas perguntas que nos ajudam a entender diferentes questões que contornam esse termo: aponta para alguns livros e relatórios lançados por institutos de pesquisa; fala sobre diferentes matrizes sobre a teoria; apresenta problemáticas que envolvem municípios pesqueiros do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul - no último, as discussões entre o estado gaúcho e o estado de Santa Catarina com relação a Lei Estadual de proibição da pesca de arrasto (15.223/2018).


Se você é um/a estudioso/a sobre o tema ou quer conhecer um pouco mais sobre o termo - importantíssimo para saber como participar mais ativamente na gestão ambiental da sua região, vale a pena assistir!



17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Parceiros:

logo ribombo.png
NOISE_FUNDO PRETO.png
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

©2020 por Preamar